Dica: Cobogós

Cobogós

Cobogós

Os cobogós ou elementos vazados são pequenos tijolos produzidos em cerâmica natural ou esmaltada, utilizados para a divisão de ambientes, formando um bonito jogo de luz e sombra. A argila, nossa principal matéria-prima, remete-nos às origens do material usado na produção dos cobogós. Plasticidade, tons naturais, mãos que moldam peças únicas. Nada demais, nada de menos. Formas puras e belas na medida perfeita!

 
Em uma versão mais contemporânea, os elementos vazados são apresentados em tonalidades variadas para interagir com outros porcelanatos e acessórios. Numa versão mais minimalista e urbana, os cobogós apresentam desenhos geométricos simples em concreto, nas cores cinza e branco.

Para composições suaves e aconchegantes, os blocos são disponibilizados com uma superfície delicada e cores naturais. Proporcionam um olhar através dos cheios e vazios do material, e a luz ganha efeitos belíssimos ao atravessá-los.

 
Excelente material para o uso na arquitetura moderna, os cobogós podem esconder alguns espaços, quando não se quer deixá-los totalmente à mostra. Nos ambientes internos, tem como objetivo proporcionar a ventilação entre os cômodos. Na área externa, tem como função principal, a decoração dos espaços, criando um efeito visual diferente, personalizado e elegante.

 
O cobogó surgiu na década de 1920, no Recife, capital pernambucana, quando um grupo de comerciantes e engenheiros criou um elemento que permitisse a passagem de luz solar e ventilação natural. A origem do nome é a união da primeira sílaba dos sobrenomes do português Amadeu Oliveira Coimbra, do alemão Ernesto August Boeckmann e do brasileiro Antônio de Góis.

Um elemento versátil criado na época para amenizar as condições climáticas da região Nordeste. Hoje, de cara nova, traz romantismo e sofisticação a qualquer ambiente!

Mais Dicas Portobello

Aplicativos Portobello

Aproveite nosso conteúdo no seu smartphone

Aplicativos Portobello