A resistência do porcelanato esmaltado

O momento de definir qual revestimento escolher para a reforma ou construção é sempre uma decisão difícil. Lindos e desejados os porcelanatos são considerados o revestimento carro chefe da Portobello, e no post de hoje vamos te dar dicas valiosas sobre o porcelanato esmaltado.

Um dos modelos mais fáceis de manter, o porcelanato esmaltado recebe uma camada de esmalte por cima da massa com o desenho desejado. Os mais brilhantes, de fato, são mais escorregadios. No entanto, a indicação técnica para o seu uso é relacionada à superfície, que pode ser lisa ou áspera, brilhante ou mate.

Esse tipo de revestimento ainda apresenta absorção de água menor ou igual a 0,5%, sendo o mais fácil de ser cuidado e mantido. Além disso, a Portobello ainda oferece inúmeras opções de produtos específicos para áreas molhadas, como varandas, banheiros e áreas de lazer.

marmi-classico-bianco-paonazzetto

Local de uso e resistência do porcelanato esmaltado

Modelos e classificações distintas acabam nos trazendo muitas dúvidas. Mas a principal delas, e a que você deve realmente prestar atenção, é quanto à resistência da superfície. Tanto o porcelanato técnico, quando o esmaltado possuem classificação por local de uso.

O local de uso de cada produto define a resistência ao tráfego. Na Portobello trabalhamos com 4 locais de uso para pisos e 3 para paredes, sendo eles: RE – Residencial, CL – Comercial Leve, CP – Comercial Pesado e IU – Industrial Urbano. Nas paredes temos: RI – Revestimento Interno, PE – Paredes Externas e FA – Fachadas. O local de uso foi apresentado de forma crescente, ou seja, um produto IU possui maior resistência ao tráfego em relação a um produto CP.

 

ecodiversa-parquet-magnolia

A classificação ocorre por produtos e não por linhas. Geralmente os produtos mais claros possuem local de uso mais alto e os mais escuros mais baixo.

Paredes
RI – Revestimento interno
PE – Paredes externas até 3 m de altura
FA – Fachadas

Pisos
RE – Residencial
CL – Comercial leve
CP – Comercial pesado
IU – Industrial Urbano.

Outra questão importante é definir em qual ambiente o porcelanato esmaltado vai ser instalado. Se no chão ou paredes, e se em áreas internas ou externas. Uma das vantagens em optar pelo porcelanato esmaltado são as possibilidades variadas no design. Eles são muito versáteis e podem ser aplicados também na bancada de cozinhas ou banheiros.

Neste post sobre bancadas de porcelanato você encontra inúmeras inspirações e sugestões para construir ou renovar sua bancada.

Abaixo selecionamos alguns produtos para você se inspirar e criar o seu próprio espaço.

Bianco Paonazzetto

O revestimento Bianco Paonazzetto, da Linha Marmi Clássico, é apresentado na versão polida e formato 60×120 cm. Indicado para uso residencial, comercial leve, onde há pouco fluxo de pessoas e ainda em fachadas.

marmi-classico-bianco-paonazzetto-2

Avorio di Brescia

Outro produto da Linha Marmi Classico é o Avorio di Brescia. Com formato 60×180 cm e também na versão polida, pode ser aplicado dentro de casa.

marmi-classico-avorio-di-brescia-2

Magnolia RD NAT RET

A Linha Ecodiversa traz o produto Magnolia RD NAT RET. Uma reprodução da madeira, em formato 20×120 cm e em formato 20×180 cm. É específico para uso interno, especialmente em paredes.

Também é possível encontrar a versão Magnolia NAT RET para ambientes com maior tráfego de pessoas, como shoppings e escolas. Nesse caso as peças são disponibilizadas em formatos 20×180 cm.

ecodiversa-magnolia-2

Araucária Clara RET

Selecionamos outro porcelanato esmaltado que reproduz a madeira. A Linha Ecollection traz a Araucária Clara RET em tamanho 20×120 cm. Ele pode ser aplicado dentro e fora de casa, porém com fluxo menor de pessoas.

ecollection-araucaria-clara

Taiga NAT Chevron

A versão Taiga NAT Chevron, 30×120 cm, da Linha Ecollection, sugere a colocação em locais mais pesados, ou seja, com maior passagem de pessoas e fachadas.

ecollection-taiga-natural-chevron

Como limpar o porcelanato esmaltado?

Para fazer a manutenção diária deste tipo de revestimento, você pode iniciar a limpeza removendo os resíduos soltos, como a poeira, com uma vassoura de cerdas macias. Depois, misture em um balde de 5 litros, algumas colheres de detergente neutro. Com a ajuda de um esfregão, umedeça a superfície a ser limpa. Assim que terminar, seque tudo com o auxílio de um pano macio.

No caso de sujeiras mais difíceis, você pode utilizar CIF, Veja Cloro Ativo, ou  Saponáceo Cremoso. Qualquer um destes produtos deve ser diluído em água, usado em sua versão neutra e aplicados com pano umedecido nesta solução.

E lembre-se de jamais utilizar produtos que contenham ácido fluorídrico. Este ácido pode atacar a superfície do porcelanato de maneira irreversível.

marmi-classico-avorio-di-brescia

Para mais dicas de como cuidar do revestimento da sua casa, você pode acessar este post especial com dicas de como limpar porcelanato.

Na página de cada produto estão disponíveis todas as informações de forma bem clara para facilitar a sua escolha.

Além disso, no site da Portobello você encontra todas as opções de revestimento para a área de piscina que mostramos no post, além de inúmeros outros produtos para te inspirar.

Até mais!

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Nota 5,00 de 5, a partir de 1 votos).
Loading...

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *