10 dicas de como renovar o piso para apartamento

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Nota 5,00 de 5, a partir de 1 votos).
Loading...

Todo mundo sonha em ter seu próprio cantinho, não é mesmo? No entanto, após a conquista, começam a surgir dúvidas como qual revestimento deve ser escolhido. Para que a sua decisão seja tomada de forma correta e você não se arrependa depois, preparamos 10 dicas para escolher o melhor piso para apartamento.

Antes de tudo, é preciso fazer um levantamento de todos os costumes e necessidades de quem mora no apartamento. A presença de idosos, crianças e animais de estimação, por exemplo, pode alterar completamente o projeto, que deve ser seguro e funcional, para evitar qualquer tipo de acidente que o piso possa causar.

les-roches-opale-greige

Sendo assim, vamos a primeira dica, que também é a mais importante.

1. Faça um planejamento

Sem uma lista de todo o material a ser comprado, você pode se perder e até gastar o dobro do valor necessário. Verifique as necessidades de cada cômodo, pesquise e adquira materiais duráveis em lojas onde houver o melhor custo benefício.

2. Defina as características do local

Pense onde o piso para apartamento será instalado. É um local com grande tráfego de pessoas? Tem contato direto com a umidade? Esclarecer esses fatores vai evitar possíveis arrependimentos e gastos de dinheiro sem necessidade.

Também é preciso definir o estilo do local a ser reformado. Se será moderno, despojado, clássico ou rústico. A escolha influenciará diretamente na escolha do material, que pode ser do tipo que reproduz a madeira, o mármore ou a pedra, por exemplo.

ecowood-aroeira

3. Defina o tamanho do porcelanato

Verifique se as peças terão 60×60 cm, 90×90 cm, ou até 100X300 cm. Isso influenciará na amplitude do espaço e na quantidade de peças que serão colocadas. Se o apartamento for pequeno, o ideal é optar pelo mesmo revestimento em todos os cômodos.

Além disso, os acabamentos ainda podem conferir um ar de elegância ao projeto final. Todos os porcelanatos e cerâmicas produzidos na Portobello oferecem o rodapé, que dá sequência e uniformidade na aplicação do piso para o apartamento.

lamina-glossy-pietra-gray-2

4. Porcelanato com brilho ou sem brilho?

Os porcelanatos estão disponíveis no mercado com diversas opções de acabamento. Por este motivo, é importante verificar qual é o efeito esperado com a utilização deste material. Os porcelanatos esmaltados recebem uma camada de esmalte por cima da massa com o desenho desejado. Quanto mais brilhantes, mais escorregadios eles são.

les-roches-onix-naturelle

Já o porcelanato natural é bastante resistente e pouco escorregadio, e por isso pode ser usado em áreas comerciais e residenciais. Sua superfície mate ainda torna o ambiente aconchegante.

ecollection-ebano-natural-chevron

5. Verifique o PEI

Também é preciso prestar atenção à resistência da superfície. Os produtos são qualificados por categorias relacionadas ao tráfego de pessoas e à abrasão, ou seja, o desgaste da peça. Para isso, as peças são classificadas de acordo com o seu PEI, resistência ao desgaste de superfície esmaltada. Para cada tipo de uso, há um PEI recomendado e essa informação quem fornece é o fabricante do produto.

Os pisos para parede recebem a denominação RI (Revestimento interno). Os pisos recebem as denominações RE (Residencial) e CL (Comercial leve).

lamina-kerlite-black

6. Contrate um profissional especializado

Para garantir que as peças não sejam desperdiçadas e a obra saia do jeito que você planejou, é preciso contratar um bom profissional. Se você não conhece bem o trabalho da pessoa que está contratando, visite outras obras que ele tenha feito e converse com antigos e clientes. Lembre-se que ele ficará um bom tempo dentro de sua casa. Portanto, é fundamental que seja um profissional especializado e de boa índole.

7. Escolha uma argamassa de boa qualidade

Para assentar porcelanato é importante utilizar uma argamassa de boa qualidade. O produto também deve ser próprio para a colocação de porcelanato. Isso aumentará a durabilidade da aplicação e evitará dores de cabeça no futuro.

8. Compre mais peças do que o necessário

Toda obra exige manutenção, já que pode ocorrer de alguma peça quebrar ou sofrer danos. Por este motivo, a recomendação é que sempre se compre cerca de 10% a 20% a mais do produto para ter estoque no futuro. Em geral, há uma diferença de cores de um lote para outro, mesmo sendo o mesmo modelo de piso.

lamina-glossy-pietra-gray

9. Preste atenção ao rejunte

O rejunte une as peças e preenche os vazios das juntas de dilatação entre os porcelanatos. Ele ainda tem o papel de proteger as quinas das peças e evitar possíveis quebras. O ideal é escolher um rejunte indicado pelo fabricante. Se a intenção é conseguir um aspecto de uniformidade no piso, também é importante que a tonalidade do rejunte seja próxima à do piso.

extra-fino-colorless-grigio

10. Preserve o piso antigo

Mas pode ser que a troca de todo o piso esteja fora de cogitação. Se você adquiriu um imóvel usado e pretende dar uma repaginada no visual, sem toda a quebradeira e sujeira que uma reforma comum causa, opte pelo porcelanato Extra Fino. Eles podem ser instalados por cima do piso antigo, encaixados ou colados, de maneira prática e funcional. Só é preciso assegura-se de que o nivelamento do chão está em perfeito estado.

lamina-buxy-perle

Linhas de piso para apartamento

Depois de todas essas dicas, ficou mais fácil se decidir pelo melhor piso para realizar a reforma do seu apartamento, não é mesmo? Para facilitar ainda mais essa tarefa, selecionamos abaixo algumas linhas que podem fazer toda a diferença na sua nova decoração.

Coleção Les Roches

Uma curadoria de rochas de diferentes partes do mundo inspirou a Coleção Les Roches. O Onyx de origem calcária, típico do território italiano e com tons brunos e dourados, foi reproduzido em porcelanato nos acabamentos polido e natural. A Opale é um mineral com grande quantidade de água na composição, que resulta em um efeito de translucidez e profundidade que provoca a difração da luz em diversas cores.

1-les-roches-agata-nacre-2

2-les-roches-opale-greige-2

Linha White Home

No caso dos banheiros, área de serviço e cozinha, por exemplo, você tem que aplicar no chão um revestimento com textura diferenciada. Com menos brilho e menos escorregadio.

Parede branca com inúmeras possibilidades de composições com outros materiais em ambientes de cores e estilos variados. Essa é a proposta da Linha White Home.

3-white-home-antartida

4-white-home-antartida-2

Como o porcelanato é extremamente resistente aos líquidos e gorduras, é perfeito para esses ambientes, pois facilita a limpeza.

Linha Modern

A Linha Modern é um Pantone neutro em superfícies brilhantes. Em versão monoporosa é específica para paredes.

5-modern-argila-portland-2

6-modern-off-white

Linha Ecowood 2.0

Uma proposta interessante para o piso do apartamento é a Linha Ecowood 2.0. Reprodução perfeita de madeira de demolição vinda de Minas Gerais. A coleção supera sua versão anterior, em formatos, superfície e design, mas conserva suas raízes e vai deixar as pessoas apaixonadas novamente.

7-ecowood-aroeira-2

8-ecowood-deck-canela

Linha Lamina

A Linha Lamina é um revestimento tipo porcelanato com alta tecnologia e espessura reduzida. Ideal para reformas rápidas e sobreposição de revestimentos em pisos, paredes, fachadas, decoração de interiores, e para o uso criativo em mobiliários. Placas de até 300×100 cm, com espessura de 3,5 mm que ampliam as perspectivas de design e arquitetura.

9-lamina-corten

10-lamina-calacatta

Quer mais inspirações para a sua casa? No site da Portobello, você encontra todas as peças que mostramos no post.

Até mais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *