Fogo

Fogo

A forma das cerâmicas envolve a tecnologia das prensas e a energia do calor nos longos percursos através dos fornos
Consumo de energia (GJ/m2)
Matriz energética
Portobello America
88,36% Gás natural
11,24% Energia elétrica
Pointer
88,36% Gás natural
13,87% Energia elétrica

A gestão do consumo energético é fundamental para a sustentabilidade da empresa, já que a indústria cerâmica trabalha com processos térmicos. Em ambas as unidades fabris, ocorrem controles diários de eficiência de todos os processos térmicos e fazemos o reaproveitamento do calor dos fornos e atomizadores.

Também em ambas as unidades fabris, a principal matriz energética é o gás natural. Essa é a energia que utilizamos em processos térmicos, ou seja, em nossos fornos, secadores e atomizadores. Ainda que seja uma fonte não renovável de energia, o gás natural é considerado limpo, pois não gera nenhum tipo de fuligem ou resíduo sólido. Tem um alto poder calorífico, interessante para a indústria cerâmica pelo consumo específico. Isso significa que a perda energética do gás natural é próxima de zero. Com ele, temos o maior calor, energia limpa com a menor quantidade de energia possível.

Ainda, consumimos energia elétrica, para iluminação das fábricas, para alguns equipamentos da linha de produção e nas instalações administrativas. Nesse caso, a energia elétrica é proveniente da matriz energética brasileira, gerada principalmente em usinas hidrelétricas e parques eólicos, fontes renováveis de energia. Nas instalações fabris e administrativas, recentemente substituímos as lâmpadas incandescentes e fluorescentes por LED.

A unidade fabril de Marechal Deodoro (AL), conta, ainda, com um jardim de painéis fotovoltaicos de 80 m2, que gera 22 KW/h, alimentando a rede geral da fábrica.

As lojas Portobello Shop possuem projeto luminotécnico padrão, desenvolvido para garantir o equilíbrio entre a melhor luminosidade para a experiência do cliente e o menor consumo energético. Um sistema linear de luz difusa cria a atmosfera aconchegante nas lojas, garantindo economia para a iluminação de todo espaço. Os projetores de destaque para os produtos Portobello, que consomem mais energia, têm o ângulo de abertura de luz calculado para diminuir a necessidade de pontos.

Nas lojas inauguradas a partir de 2018, que já somam mais de 70, todo o sistema de iluminação é LED, o que representa uma economia de cerca de 20% no consumo de energia em comparação às lâmpadas convencionais. O LED também é muito mais durável: 50 mil horas, o que equivaleria a cerca de 17 anos nas lojas. Já a vida útil das lâmpadas convencionais é de apenas 6 mil horas. Assim, a Portobello Shop passou a evitar o descarte desse resíduo.