Logo Portobello
www.portobello.com.br

Sobre a Portobello

Sediada em Tijucas, Santa Catarina, a Portobello é hoje a maior empresa cerâmica do Brasil, com receita bruta superior a R$ 1 bilhão. Sua produção, próxima de 30 milhões de metros quadrados, atende países dos cinco continentes e também o mercado interno, por meio de revendas multimarcas, da Portobello Shop e do canal de vendas para a engenharia. A companhia possui mais de 2.600 colaboradores, responsáveis pelo design e inovação de itens que lançam tendências na arquitetura e decoração no Brasil.

Visita Virtual

Visite o parque fabril, showroom e loja Portobello Shop de um modo interativo

Linha do Tempo

Crenças

O ambiente em que vivemos é a essência do nosso negócio. Somos apaixonados por design. Acreditamos que o design pode transformar ambientes e emocionar pessoas. Nosso compromisso é inovar sempre. Criar e distribuir produtos e serviços adequados ao nosso tempo e que viabilizem o acesso ao design de um número de pessoas cada vez maior. Devemos preservar e valorizar as relações humanas. Acreditamos que o lucro é o melhor indicador do nosso desempenho , bem como a gestão pela meritocracia. A evolução de nossos processos e a tecnologia devem se desenvolver com simplicidade, disciplina, agilidade, qualidade e em harmonia com o meio ambiente.

Compromisso

Crescer e inovar democratizando o design.

Processo Produtivo

Etapas do Processo

Preparação de Massa
No processo industrial, as matérias-primas utilizadas, provenientes de jazidas próprias ou de terceiros, são estocadas no interior da fábrica.A dosagem de cada matéria-prima é feita segundo uma formulação percentual fornecida pelo laboratório, com base nos resultados obtidos em testes. A matéria-prima é então transportada por correias até os moinhos. Após a moagem, tem-se como produto a barbotina, que é estocada em tanques apropriados. Depois ela é bombeada até o atomizador, que retira a água em excesso e confere ao pó atomizado umidade e granulometria (distribuição de tamanho dos grãos que facilita a compactação) uniformes, ideais para o processo de prensagem.
Prensagem e preparação da massa
O pó atomizado é alimentado em cavidades da prensa e submetido a uma pressão específica, tendo sua forma definitiva denominada bolacha cerâmica.
Secagem
A secagem é uma fase muito importante no processo de fabricação de pavimentos e revestimentos cerâmicos. Tem a missão de eliminar quase completamente a água contida nas peças após o processo de prensagem.
Esmaltação
Pode-se dizer que a qualidade final do produto reflete como foram os cuidados na linha de esmaltação. A qualidade também depende das outras atividades anteriores e posteriores, as quais devem seguir padrões e normas pré-estabelecidas. Para realizar o processo de esmaltação devemos seguir algumas etapas para garantir a qualidade do produto: pós-secagem, aplicação de água, aplicação de engobe, aplicação de esmalte e decoração serigráfica.
Queima
Após o processo de esmaltação o produto segue para o forno, onde é efetuada a queima da peça. São nos fornos que o produto adquire suas características finais, tais como alta resistência mecânica, alta resistência à abrasão e baixa absorção. Além disso, é após a queima que algumas cores determinadas são obtidas.
Escolha

Na saída de cada forno está instalada a linha de escolha automática. Nela, os defeitos superficiais são identificados visualmente pelo colaborador, enquanto os dimensionais são verificados por equipamentos eletrônicos apropriados. Após os processos de escolha e classificação, as peças são encaixotadas, identificadas, paletizadas e, em seguida, estocadas na expedição.

Preparação de esmaltes e tintas

Na preparação de esmaltes e tintas, a moagem é feita por via úmida. O moinho é revestido com tijolos de alumina de alta densidade, bem como os elementos moedores (esferas), proporcionando alta eficiência na moagem. Os esmaltes são aplicados em peças cerâmicas com diversas finalidades: impermeabilizar, embelezar, aumentar a resistência ao desgaste, ao ataque químico e à resistência mecânica.

Controle de qualidade
O Controle de Qualidade permeia todo o processo produtivo e tem a função de monitorar todas as fases, desde o controle da matéria-prima até o produto final, quando são realizadas inspeções de amostras da produção para que se obtenha um controle estatístico da qualidade. Os lotes de produção somente são liberados para a Expedição após a aprovação do CQPA – Controle de Qualidade dos Produtos Acabados. Expedição Realiza o controle do estoque físico de produtos acabados – entrada e saída. Controla a movimentação, a transferência de produtos dentro do estoque para facilitar toda a operação de separação, o armazenamento e o embarque de produtos para mercado interno e externo, garantindo a qualidade do serviço e entrega ao cliente.

Processo Produtivo em Vídeo