Pavillon

Pavillon

O Pavillon de l’Esprit Nouveau foi uma construção temporária na Exposição de Artes Decorativas e Industriais Modernas de Paris em 1925 e pode ser considerado um marco na definição das regras do modernismo.

Tratava-se de uma unidade habitacional composta por elementos inteiramente padronizados com painéis de vidro, terraço e janelas horizontais, típicas de Le Corbusier e era parte de um projeto maior que previa os desafios de moradia das cidades contemporâneas.
Através deste edifício, Le Corbusier desenvolveu uma espécie de atuação política arquitetônica. Ele rejeitava o uso retórico da ornamentação e quis mostrar ao mundo que as formas puras, criadas pela indústria, também tinham valor estético. Le Corbusier transformou os interiores modernos através da ênfase funcional de seus elementos.
“Em 1929, percebemos, olhando para trás, que o “Pavillon de l’Esprit Nouveau” foi um ponto de inflexão no design de interiores modernos e um marco na evolução da arquitetura.” Citação de Le Corbusier, Oeuvre complet, volume 1, 1910-1929 www.fondationlecorbusier.fr
Fazendo uma referência ao Pavillon de l’Esprit Nouveau, esse marco da arquitetura moderna, a Portobello apresenta a Coleção Pavillon, onde reproduz cores da Policromia Arquitetural e propõe duas superfícies em porcelanato inspiradas no concreto aparente usado por Le Corbusier em diversos edifícios.

O Pavillon de l’Esprit Nouveau foi uma construção temporária na Exposição de Artes Decorativas e Industriais Modernas de Paris em 1925 e pode ser considerado um marco na definição das regras do modernismo.

Produtos da linha

Aplicativos Portobello

Aproveite nosso conteúdo no seu smartphone

Aplicativos Portobello